Desfalques preocupam o Caramuru para confronto contra o SESI (SP)

Três atletas não viajaram para São Paulo devido a lesões

Por: Redação em 12/01/2018 06:27:20 atualizado em 12/01/2018 07:49:52
Peron (ataque) está lesionado desde dezembro - Foto: José Tramontin/Caramuru

Peron (ataque) está lesionado desde dezembro - Foto: José Tramontin/Caramuru


O técnico Fábio Sampaio não vai poder contar com três atletas para a primeira partida oficial do Ponta Grossa Caramuru em 2018. Lesionados, os ponteiros Zapata e Peron e o central Thales não viajaram com a equipe para São Paulo, onde o Tigre enfrenta o SESI (SP) pela 13ª rodada da Superliga Masculina.


O central Thales sofreu uma pequena lesão no tornozelo, mas deve retornar aos treinos nos próximos dias. O mesmo vale para o ponteiro Zapata, com incômodo no joelho. Os dois jogadores foram poupados por precaução da comissão técnica.


O desfalque que mais preocupa é o de Peron. Fora de quadra desde dezembro, o ponteiro passa por recuperação após lesionar o tornozelo na partida contra o Montes Claros (MG). O atleta deve estar recuperado apenas para os jogos decisivos da equipe, no final de fevereiro.


O técnico do Caramuru espera a recuperação justamente para a fase mais importante do campeonato, quando a equipe enfrenta adversários diretos e de investimento próximo ao do próprio Caramuru.


“Temos a dificuldade do Peron estar fora de quadra e da ausência do Thales, que neste momento está sendo bem substituído pelo crescimento dos outros centrais. Mas o Peron está nos fazendo muita falta. Esperamos a recuperação para contar com ele nos jogos decisivos”, explica Fábio.


O Caramuru enfrenta o SESI (SP) neste sábado (13), às 11h30, no Ginásio Vila Leopoldina, em São Paulo. A partida é a segunda da sequência de cinco jogos fora de casa no returno da Superliga.


* Reportagem de Lucas Matos, especial para o Net Esporte Clube


© 2014 - Net Esporte Clube - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por:ARS Technology ARS Technology