PUBLICIDADE:

Gmad - Operario

PUBLICIDADE:

Sicredi - Operario - Setor 2

Operário é campeão da Série D e levanta título nacional pela 1ª vez

Fantasma perde para o Globo (RN), mas faz a festa no Germano Krüger

Por: Felipe Gustavo em 10/09/2017 21:00:31 atualizado em 10/09/2017 21:05:27
Elenco do Fantasma conquista a Série D - Foto: José Tramontin/OFEC

Elenco do Fantasma conquista a Série D - Foto: José Tramontin/OFEC

PUBLICIDADE:

Clube NEC - Operário

O Operário Ferroviário é o primeiro campeão nacional em 2017. Na noite deste domingo (10), em um Germano Krüger lotado, o Fantasma conquistou a Série D do Campeonato Brasileiro. O título veio com uma derrota de 1 a 0 para o Globo (RN) - 5 a 1 no placar agregado para os alvinegros.


Com o resultado, a equipe comandada por Gerson Gusmão escreve um novo capítulo na história do clube. Essa é a primeira taça nacional nos 105 anos de história do Operário.  


Primeiro tempo


O Operário começou a decisão acelerando o jogo e com mais pressão sobre o adversário, mas as chances alvinegras paravam no goleiro Dasaev. Do outro lado, o Globo assustava principalmente nas bolas paradas. Aos cinco minutos, o cruzamento perigoso foi afastado por Jean Carlo.


Mas aos 23 minutos não teve como. Após escanteio cobrado na segunda trave, a bola foi ajeitada para o meio da área e Tiago Lima pegou forte, de primeira, e mandou para o fundo das redes, fazendo o primeiro dos visitantes.


Na metade final da primeira etapa, o jogo passou a ficar nervoso, com divididas mais fortes e discussão entre os jogadores. O Fantasma criou mais duas oportunidades claras. Tanto Lucas Batatinha quanto Jean Carlo pararam em defesas de Dasaev.


Segundo tempo


Mesmo com a vantagem no placar agregado, o Operário voltou do vestiário disposto a conseguir a virada em Vila Oficinas. Enquanto o Globo pouco construía, o Fantasma era só pressão, mas tinha dificuldades para envolver com passes o rival.


Em pelo menos duas oportunidades, os cruzamentos na grande área não encontraram ninguém para completar para o fundo do gol. Aos 10 minutos, Lucas Batatinha tentou da entrada da área, mas o goleiro Dasaev espalmou.


Pouco depois, Robinho, em cobrança de falta, e Peixoto, de cabeça, mandaram pela linha de fundo. Aos 34 minutos, o Fantasma chegou a balançar a rede. Sosa dividiu com Dasaev, o goleiro do Globo soltou e a bola entrou. O árbitro, porém, anulou o lance e marcou falta do zagueiro alvinegro.


Para a torcida pouco importava, a festa com quase nove mil torcedores nas arquibancadas de Vila Oficinas estava feita. Foi só esperar o último apito do árbitro e comemorar o primeiro título nacional do Fantasma.


FICHA TÉCNICA


Operário: Simão; Danilo Baia, Alisson, Sosa e Peixoto; Serginho Paulista, Índio e Robinho (Athos); Jean Carlo, Quirino (Dione) e Lucas Batatinha (Schumacher). Técnico: Gerson Gusmão


Globo: Dasaev; Ângelo, Gravatá (Geovane), Negretti e Renatinho Carioca; Reinaldo, Erick, Eduardo (Pablo Franklyn), Tiago Lima e Cosme; Gláucio. Técnico: Luizinho Lopes


Data/Horário: 10/09/2017 (domingo), às 19 horas

Local: Estádio Germano Krüger, em Ponta Grossa

Público pagante: 8.678 pessoas                       
Público total: 8.870 pessoas                       
Renda: R$ 247.240

Árbitro: Rodrigo D'Alonso Ferreira (SC)

Assistentes: Alex dos Santos (SC) e Eder Alexandre (SC)

PUBLICIDADE:

Spartacus - Home

© 2014 - Net Esporte Clube - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por:ARS Technology ARS Technology